Caxias do Sul 30/07/2021

A relevância de MADAME BOVARY no Órbita Literária desta segunda-feira

Encontro literário online traz a professora e escritora Marília Frosi Galvão conduzindo uma visita à vida e obra do autor francês Gustave Flaubert
Produzido por redação, 05/04/2021 às 07:45:01
A relevância de MADAME BOVARY no Órbita Literária desta segunda-feira
O escritor francês Gustave Flaubert em pauta no Órbita desta segunda-feira
Foto: DIVULGAÇÃO

Nesse nosso mundo moderníssimo do século XXI, em que a pandemia do coronavírus nos obriga a ficarmos em casa e efetivarmos (a partir de nossa presença no ambiente doméstico e utilizando a tecnologia digital) o cultivo de nossas relações com os outros e mantermos alimentado nosso espírito com as buscas culturais, deparamos sempre com um dilema: frente ao imensurável leque de opções colocadas à nossa disposição, o que escolher? Assistir a um filme ou a uma live? Ler um livro ou fazer uma chamada de grupo online para conversar com os amigos ou com a família? Fazer um passeio virtual por um museu ou assistir a uma palestra transmitida em tempo real, sobre um tema que nos encanta?

A solução para o dilema reside em nossa capacidade de sabermos optar por aquela alternativa em que identificamos a maior potencialidade de obtermos ganho, a partir do tempo empregado. Empregar nosso tempo no ato de escutar quem tem muito a dizer e a compartilhar pode ser a chave para concretizar uma escolha certeira.

Pois é embasado nessa premissa que o site recomenda, como escolha certeira para ampliar os horizontes do conhecimento de forma acolhedora, leve, agradável, surpreendente e profunda, sintonizar nesta segunda-feira à noite, 5 de abril, o ÓRBITA LITERÁRIA no facebook (confira o link ao final da matéria) para assistir à live/palestra da escritora e professora MARÍLIA FROSI GALVÃO, abordando o tema “Flaubert - a força literária de Madame Bovary, do século XIX aos dias atuais”.

Marília possui titulação em Letras Português-Francês pela UCS, foi professora de Língua e Literatura em escolas estaduais e particulares de Caxias do Sul até 2009, tem publicações de contos e crônicas em blogs e em Antologias. “Fagulhas” é seu primeiro livro de crônicas solo. Foi premiada em conto e crônica em Paris, em 2012 e 2014, no Concurso Internacional “La Plume d’Or”. Desde 2020, é colaboradora com artigos, crônicas e ensaios no site jornalístico www.silvanatoazza.com.br.

Marília Frosi Galvão protagoniza o bate-papo sobre o escritor francês e uma de suas obras máximas (Foto: Claudia Haupt)

O tema foi escolhido em função do fato de se comemorar, em 2021, os 200 anos do nascimento do escritor francês Gustave Flaubert (12/12/1821), o que vem direcionando as atenções do mundo para o legado de sua vasta e relevante obra literária. O romance “Madame Bovary” foi publicado em 1857 e segue relevante e atual até os dias de hoje, devido ao profundo trabalho de aprofundamento psicológico protagonizado pelo autor em seus personagens. “A Educação Sentimental”, “Bouvard e Pécuchet” e “Um Coração Singelo” são outros de seus trabalhos imortais basilares na literatura universal.

Marília conduzirá o público em um passeio literário/cultural/informativo/afetivo pelo autor e sua obra nesta segunda-feira, sob a mediação de Ana Cardoso, a partir das 20h no link Facebook.com/davelha