Caxias do Sul 28/09/2021

VALTER GOMES PINTO: livro com 70 depoimentos e mostra com coleções de canetas e gravatas

Projeto Seu Valter, Humanidade e Sucesso homenageia legado comunitário e visionário do empresário que ajudou a levar a marca Marcopolo ao mundo
Produzido por redação, 30/07/2021 às 11:00:22
VALTER GOMES PINTO: livro com 70 depoimentos e mostra com coleções de canetas e gravatas
Sempre elegante, empresário apreciava artes, viagens e ações comunitárias
Foto: Julio Soares

Um homem à frente do seu tempo, visionário, que ajudou a levar a marca Marcopolo para o mundo, que semeava o bem e a esperança por meio de ações voluntárias e comunitárias. Nascido em 1932, o empresário Valter Gomes Pinto nos deixou em 2013, num dia atípico de neve na Serra Gaúcha, mas seu legado comunitário e empresarial permanece e se perpetua.

Como forma de homenagear esse grande homem de ideias e ações arrojadas e de compartilhar curiosidades da vida de seu pai, a filha Viviane Pinto Bado traz à luz o livro “Seu Valter, Humanidade e Sucesso”, a ser lançado nos dias 4 e 5 de agosto, simultaneamente à exposição homônima que ocupará a Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim, em Caxias do Sul, até 31 de agosto. A obra tem a organização da historiadora Véra Stedile Zattera, que também assina a curadoria da mostra.

Sem a pretensão de ser uma biografia, o livro busca compartilhar passagens da vida de seu Valter nas quais se fundem as barreiras entre simplicidade e requinte, entre negócios e família, entre sociedade e comunidade. É recheado com imagens e relatos de dezenas de amigos que evocam sua verdadeira essência, a de inspirar as pessoas a espalharem o bem.

Os depoimentos contemplam desde executivos que participaram da história empresarial de seu Valter até o barbeiro que cortava seu cabelo, ainda hoje em atividade na Galeria Central, no Centro de Caxias. São mais de 70 relatos de convivência com o Seu Valter executivo, leitor, apreciador das artes, viajante, elegante e, acima de tudo, profundamente envolvido com a sua comunidade. Teve também papel relevante na condução da Festa Nacional da Uva.

“Trata-se de uma homenagem ao seu legado, um carinho que fazemos a ele, mas também uma maneira de incentivar para que as pessoas tenham esse coração que ele teve, de ajuda, de incentivo à educação, de respeito ao próximo e de um olhar diferente para com os outros”, expressa Viviane Pinto Bado, idealizadora, junto com a família, do projeto do livro de 252 páginas e da exposição.

A filha única de seu Valter e da viúva Therezinha Lourdes Comerlato Pinto cercou-se de profissionais de vários segmentos culturais para viabilizar o projeto, iniciado há cerca de dois anos a partir de uma seleção de fotografias, documentos, coleções particulares, enfim, uma notável memorabilia.

“Estão ali histórias narradas de uma maneira muito carinhosa e agradecida, vivenciadas pela sua secretária, pelo mecânico, pelo motorista, pelo segurança. Meu pai era carinhoso à sua maneira. Não era de abraçar, de beijar, mas de fazer pelos outros”, lembra emocionada Viviane.

Ilustração com homenagem a Seu Valter, assinada pelo designer gráfico Marco Verdi

A EXPOSIÇÃO

A exposição "Seu Valter, Humanidade e Sucesso" é complementar ao livro homônimo e estará em cartaz na Galeria de Municipal de Arte Gerd Bornheim de 4 a 31 de agosto. A mostra tem curadoria de Véra Stedile Zattera e reúne pinturas de Vasco Machado e Antonio Giacomin e fotografias de Paquito Herrera, além de parte da memorabilia do empresário, como coleções de canetas e de gravatas.

A exposição também contemplará um totem interativo, no qual o público poderá conhecer mais sobre os países em que Seu Valter esteve, bem como admirar uma “árvore da vida” especialmente montada em um ambiente de instalação, com efeitos de luz e som. O evento atenderá a todos os protocolos de segurança sanitária exigidos pela prefeitura de Caxias do Sul.