Caxias do Sul 19/09/2020

Pandemia: hora de desistir? Não, de melhorar o negócio

Restaurante da Serra aproveitou o momento de pausa para investir R$ 50 mil em reformas e em melhorias
Produzido por Silvana Toazza, 17/08/2020 às 11:32:21
Pandemia: hora de desistir? Não, de melhorar o negócio
Ambiente ganhou lareira na entrada, novo forno e detalhes em madeira
Foto: Igor Guedes

Se houve dois setores fortemente atingidos pelas medidas de restrição contra a Covid-19 foram os de turismo e alimentação fora do lar, com o fechamento de inúmeros restaurantes na Serra. Mantendo a chama da esperança acesa em tempos de apatia de mercado, um empreendimento localizado no Vale dos Vinhedos aproveitou o momento de pausa para reinvestir em seu negócio.

O GURI – Cozinha de Origem, de Bento Gonçalves, acreditou na retomada do chamado turismo gastronômico e investiu cerca de R$ 50 mil para melhorias do salão.

“Já tínhamos programado reformas para este ano e optamos por fazer neste período da pandemia, em função da diminuição do fluxo turístico. Aproveitamos as indefinições sobre a abertura dos restaurantes, para fechar por sete dias e realizar as melhorias", detalha o chef Enio Valli, linha de frente da casa, que acrescenta que as obras foram concluídas e o atendimento ao público autorizado pelo poder público.

Na lista de inovações concretizadas, ênfase à lareira construída no acesso ao restaurante, o novo forno – com capacidade maior – e novidades na cozinha. Detalhe: apenas seis mesas estão disponíveis para 20 pessoas, respeitando as regras de distanciamento social, e seguindo todos os protocolos das autoridades de saúde.

Como forma de inspirar quem pensa em desistir, o empresário afirma que, a despeito da crise provocada pelo novo coronavírus, busca manter o foco na experiência e na continuidade do trabalho de resgate da culinária gaúcha.

“Não tem sido fácil. Mas desde o início do GURI, em outubro de 2018, optamos por atender poucos clientes e focar mais na experiência do que no volume de atendimento. Por este motivo, o impacto nos parece menor do que na maioria do nosso setor”, reforça.

A saber: Instalado em meio à natureza exuberante do Vale dos Vinhedos, o GURI tem atraído, mesmo que em menor volume, turistas da Serra Gaúcha e da Região Metropolitana, além do público interessado em gastronomia de outros Estados, como Santa Catarina, São Paulo e Distrito Federal.

“Para o nosso tipo de trabalho é fundamental o turismo, seja ele regional, doméstico ou internacional. Não acreditamos muito nesse futuro apocalíptico que estão prevendo alguns especialistas. Achamos que haverá retomada a médio prazo e que sempre haverá espaço para um bom trabalho”, acredita Valli.

Curiosidade: o valor do Menu Degustação Confiança é de R$ 150 por pessoa, e é preciso que as reservas sejam feitas com antecedência. O GURI é especializado na cozinha de fogos e na experiência, e oferece pratos tradicionais, releituras e autorais que expressam a gastronomia dos Pampas do Rio Grande do Sul, Uruguai e Argentina.

Além de carnes, há opções vegetarianas, veganas e para crianças. A quase totalidade dos cardápios é preparada em grelhas ao estilo parrilla e em forno a lenha, sempre com produtos locais: as carnes são gaúchas, os hortifrútis e laticínios são da Serra e os temperos orgânicos são colhidos diretamente da horta do restaurante.