Caxias do Sul 27/05/2024

Empresa caxiense utilizou 40 mil potes biodegradáveis em 2023

Itens produzidos com o farelo do trigo são usados em eventos em substituição aos de plástico e isopor
Produzido por Silvana Toazza, 25/12/2023 às 18:39:59
Empresa caxiense utilizou 40 mil potes biodegradáveis em 2023
Produtos são alternativas sustentáveis
Foto: Divulgação

Ela produz alimentos, mas também está preocupada com a forma de servi-los em eventos. De uma interrogação nasce uma solução, e assim a caxiense Orquídea Alimentos desenvolveu potes biodegradáveis para a degustação de massas e outras delícias, com o objetivo de eliminar materiais como plástico e isopor.

Dessa forma, de olho na sustentabilidade, o projeto da linha Eco nasceu dentro da empresa e conquistou número fabuloso: a utilização de 40 mil potes biodegradáveis em 2023 ao longo de 12 eventos. Entre eles figuram a ExpoAgas, em que a Orquídea participou como expositora, e o Sálvia, festival de cultura e gastronomia de Caxias do Sul. Neste último, a companhia ingressou como apoiadora, disponibilizando mais de seis mil itens da linha Eco para serem utilizados durante os dois dias do evento.

A linha Eco ressignifica um insumo derivado da moagem da principal matéria-prima da empresa: o farelo do trigo. Os potes são produzidos na fábrica da Orquídea, em Caxias do Sul. O processo desenvolvido internamente foi submetido à patente de inovação e faz parte da preocupação da marca quanto à economia circular e às práticas de ESG.

De diferentes formatos e tamanhos, os potes, pratos e bandejas descartáveis atendem aos mais rigorosos padrões de segurança alimentar, não utilizam aditivos e são biodegradáveis em até 45 dias.