Caxias do Sul 28/09/2021

Em novo esforço contra a Covid-19, empresa serrana doa R$ 1,1 milhão para hospital mais antigo do RS

Valor será destinado à aquisição de equipamento e em reformas nas instalações do complexo na Capital
Produzido por redação, 06/05/2021 às 12:30:02
Em novo esforço contra a Covid-19, empresa serrana doa R$ 1,1 milhão para hospital mais antigo do RS
Foto: Raul Krebs

Com sede em Carlos Barbosa, a centenária Tramontina reforça seu empenho na luta contra a Covid-19. O conglomerado fabril efetuou neste mês nova doação, agora no valor de R$ 1,1 milhão, para a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, mais antigo hospital do Rio Grande do Sul, com mais de 200 anos de história.

O montante será destinado para aquisição do equipamento Endoscópio EBUS e em reformas nas instalações da recepção do Pavilhão Pereira Filho, unidade hospitalar da Santa Casa referência em pneumologia e cirurgia torácica, dirigida pelo cirurgião torácico José Carlos Felicetti.

A solidariedade chega em dose dupla, já que, no ano passado, a Tramontina havia apoiado com quantia semelhante (R$ 1 milhão) o projeto para criação de 80 novos leitos de UTI na instituição de saúde, destinados a pacientes infectados com o novo coranavírus em estado grave.

"Contar com o apoio da sociedade para realizarmos aquisições de tecnologias e modernizações dos nossos espaços é fundamental para uma instituição com o perfil assistencial e centro formador de grandes especialistas como a Santa Casa. Por isso, e por tudo o que a Tramontina já destinou às nossas causas, o nosso eterno reconhecimento e gratidão", acrescenta Julio Matos, diretor geral da Santa Casa.

R$ 6 milhões já doados

A saber: desde o início da pandemia, em março do ano passado, a empresa já doou mais de R$ 6 milhões entre verba direta e produtos da marca para hospitais e instituições do RS, cestas básicas aos municípios da Serra e, de forma especial, com a doação de mais de 50 unidades do Ventra - equipamento de suporte respiratório desenvolvido pela própria companhia.

O produto, que sai pronto da fábrica da Tramontina em Carlos Barbosa, foi homologado pela Anvisa como alternativa para auxiliar em situações de emergência, diante da alta demanda na rede hospitalar, e foi distribuído para hospitais de mais de 20 municípios do estado desde dezembro.

"É nosso compromisso apoiar ações que priorizam a vida, o bem-estar e a saúde das pessoas. Em diversas frentes, vamos ajudar no combate ao vírus para promover esperança aos nossos colaboradores, fornecedores, clientes lojistas, consumidores e todos que hoje passam de forma mais intensa por esse delicado episódio de saúde que estamos enfrentando", destaca Clovis Tramontina, presidente do Conselho de Administração da companhia.

A empresa genuinamente brasileira de 110 anos possui hoje mais de 10 mil funcionários, um mix superior a 18 mil itens (entre utensílios para a cozinha e o lar) e dez unidades fabris no país.