Caxias do Sul 28/11/2020

Em meio à pandemia, Fras-le registra o melhor desempenho em 10 anos

No terceiro trimestre, companhia caxiense viu sua receita líquida crescer 36% sobre o mesmo período do ano passado
Produzido por redação, 12/11/2020 às 10:56:57
Em meio à pandemia, Fras-le registra o melhor desempenho em 10 anos
Sergio L. Carvalho, CEO da Fras-le, comemora resultados
Foto: Jefferson Bernardes

O momento é de incertezas e inseguranças no mercado, mas estratégias assertivas podem fazer a diferença e representar um momento histórico. Essa é a realidade da caxiense Fras-le, que no terceiro trimestre de 2020 registrou resultados recordes. A receita líquida alcançou R$ 453,6 milhões, 36% superior ao mesmo período do ano anterior. A receita bruta foi de R$ 647 milhões, acelerada de 35% sobre o terceiro trimestre de 2019.

Os indicadores também evidenciam o crescimento do lucro bruto, que chegou a R$ 150,6 milhões, 80% maior que o terceiro trimestre de 2019. Já o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) registrou R$ 94,2 milhões, aumento de 118% se comparado ao mesmo período do ano anterior.

Os dados são dignos de comemoração, já que o desempenho alcançado no terceiro trimestre é o melhor dos últimos 10 anos da empresa, com quase sete décadas de mercado.

Competitividade do negócio

Essa performance histórica é fruto de estratégias para gerar ainda mais competitividade ao negócio, amparada na expansão das receitas e oferta de produtos, por meio de aquisições. No terceiro trimestre de 2020, a Fras-le concluiu a maior transação de sua história, com a compra da empresa Nakata Automotiva.

Desde o final de 2018, foi implementada uma série de ações, como investimento em tecnologia, readequação de linhas, alterações de processos para ganho de produtividade e reduções de custos.

"Esses movimentos foram fundamentais para os resultados deste trimestre e contribuíram para o fortalecimento da nossa atuação no mercado interno e externo. Mesmo com os desafios da pandemia de Covid-19, conseguimos evoluir nos indicadores de receitas e de rentabilidade, com atenção aos cuidados de saúde e segurança de nossos colaboradores, evidenciando que a companhia está preparada para diferentes cenários", salienta o CEO da Fras-le, Sergio L. Carvalho.

O desempenho positivo entre julho e setembro também foi alavancado pelo mercado de autopeças, que apresentou forte retomada na reposição de itens para veículos comerciais. O movimento é justificado pela mudança de hábito do consumidor, que passou a priorizar o transporte particular, e, consequentemente, ampliou a necessidade de peças para o veículo.

Além disso, a melhora do mercado externo também influenciou o resultado do terceiro trimestre, principalmente em razão da abertura gradual das fronteiras, da recomposição de estoques dos clientes e da taxa de câmbio favorável às exportações.

A empresa segue com otimismo moderado, com dois pontos a serem observados: a alta da inflação e a escassez de matérias-primas.

A Fras-le, integrante do grupo Randon, é fabricante de autopeças, como lona e pastilha de freio.