Caxias do Sul 05/03/2024

Construção civil traz ânimo ao mercado neste início de 2024

Magnani Luz e Energia percebe a antecipação das obras no Litoral Norte. Setor deve puxar crescimento de 30% na empresa gaúcha no ano
Produzido por Silvana Toazza, 05/02/2024 às 10:57:02
Construção civil traz ânimo ao mercado neste início de 2024
Filial da empresa em Torres atende o Litoral gaúcho e catarinense
Foto: Magnani, divulgação

POR SILVANA TOAZZA

A Magnani Luz e Energia, com sede em Caxias do Sul e filial em Torres, identifica uma tendência neste início de 2024. Se antes as obras da construção civil ganhavam força após o Carnaval, sendo janeiro e fevereiro de recesso e organização das empresas, neste ano, a pausa não se prolongou tanto após as festas de Natal e Réveillon.

Paulo Magnani, diretor geral da Magnani Luz e Energia, relata que o começo de 2024 mostra-se atípico, especialmente no Litoral Norte, onde a construção civil vive o seu auge, com inúmeros empreendimentos, prédios residenciais e condomínios fechados sendo construídos, em um verdadeiro canteiro de obras intensificado nos últimos anos.

“Notamos na Zona Litorânea a antecipação de obras da construção civil que normalmente seriam retomadas ou iniciadas em março. O mercado está reagindo e as praias também estão recebendo investimentos em hospitais, escolas, empreendimentos e núcleos universitários”, salienta Paulo Magnani.

Investimentos robustos

Com 13 anos de história de sua filial em Torres, a Magnani reconhece que o Litoral Norte está sendo muito assediado, com investimentos robustos por parte de construtoras e incorporadoras de grande porte. Os veranistas também começaram a lotar as praias ainda em dezembro – o que usualmente ganhava força só após o Natal –, movimentando todo o setor, atraindo o público para a reforma de suas casas de veraneio, o que resultou em vendas extras de itens nas áreas de iluminação e materiais elétricos. Um dos motivos da alta procura dos veranistas pelas praias gaúchas neste ano é o preço salgado das passagens aéreas, o que inibiu viagens de férias para outros Estados.

Energia solar e mobilidade elétrica

No caso da construção civil, o segmento também ganha destaque no Litoral gaúcho com a aposta em usinas de energia solar e na adaptação dos prédios para sistemas de recarga para carros elétricos, além de infraestrutura de geradores de parede e de portão, que entram em cena em caso de apagões elétricos.

Dessa forma, 2024 começa promissor para a Magnani, que em 2023 viveu “um ano desafiador”, embora tenha fechado o exercício com crescimento de 20% no faturamento. Para 2024, o otimismo volta a dar o tom dos negócios, com a projeção de um avanço de receita na ordem de 30%, puxada pela construção civil.

A saber: com 56 anos, a Magnani Luz e Energia atua nos mercados de iluminação, energia solar, equipamentos elétricos e mobilidade. É uma das grandes parceiras da WEG no RS.

MAGNANI LUZ E ENERGIA

enlightenedCaxias do Sul: Avenida Rubem Bento Alves, 4.188, bairro São José, Perimetral Norte

enlightenedTelefone: (54) 4009-5255

enlightenedTorres: Avenida Barão do Rio Branco, 876, centro de Torres

enlightenedTelefone: (51) 3626-2988 | whats: (51) 99146-3181

Acesse www.magnani.com.br

Leia também:

Em ano “desafiador”, empresa caxiense cresce 20%