Caxias do Sul 23/10/2021

A versatilidade artística de Filipe Catto no palco caxiense

Artista integra a programação da Mostra Tum Tum 8, em show neste sábado, dia 21
Produzido por redação, 18/08/2021 às 09:05:22
A versatilidade artística de Filipe Catto no palco caxiense
Foto: Lorena Dini

O palco é o lugar de Filipe Catto. É diante do público que a cantora, instrumentista e compositora - Catto é uma pessoa trans não-binária - se sente plena.

Desde o início da carreira, Filipe, que também é ilustradora e designer, cria espetáculos com a visão de uma artista completa. “Eu gravo disco como pretexto para montar um show. É no palco que eu me sinto artista, quando estou diante do público e a música está fluindo em tempo real. Esse é o meu ofício”, diz a cantora gaúcha, hoje radicada em São Paulo.

Filipe já foi descrita pela mídia como "uma das grandes vozes do Brasil no século 21, como uma diva e algo entre Freddie Mercury e Maria Bethânia, entre o bolero e o rock glam moderno”. Essa mistura chega a Caxias do Sul neste sábado, com uma pitada da linguagem das redes sociais, a nova reinvenção de uma artista em constante transformação.

Ela sobe ao palco do Teatro do SESC Caxias do Sul neste sábado (21), às 20h, integrando a programação da oitava temporada da Mostra Tum Tum. O público poderá assistir por meio da transmissão ao vivo no YouTube do Sesc/RS (https://youtube.com/sescrs) e no Facebook do Sesc Caxias (https://www.facebook.com/sesccaxiasdosul).

A Mostra Tum Tum 8 é realizada pela Tum Tum Produtora e pelo Sesc/RS e tem recursos captados via Lei de Incentivo à Cultura (LIC) estadual, por meio do Pró-Cultura RS, e via LIC municipal, com patrocínio da Sulgás e apoio cultural de Metadados e Unimed.