Caxias do Sul 29/06/2022

Randon é premiada por excelência em governança corporativa

Companhia de Caxias do Sul concorreu com mais de 400 instituições brasileiras e ficou entre as cinco vencedoras
Produzido por Silvana Toazza, 21/06/2022 às 11:03:23
Randon é premiada por excelência em governança corporativa
CEO da Atlas, Eduardo Carone, homenageia vencedores
Foto: Divulgação

A caxiense Randon é a grande vencedora de um prêmio nacional: o Digital Governance Awards 2022, na categoria Empresas de Capital Aberto. A premiação, promovida em São Paulo pela startup Atlas Governance, líder em governance tech (governança de tecnologia) na América Latina, analisou mais de 400 organizações brasileiras para eleger cinco companhias de destaque em governança corporativa. Além da Randon, também foram reconhecidas as empresas Duas Rodas (categoria Capital Fechado), Sicoob Cocre (Cooperativa), Eletronorte (Estatal) e Regius (Sem Fins Lucrativos).

Focada em soluções de transporte, com presença global nos setores de reboques e semirreboques, autopeças e serviços financeiros, a Randon superou seus concorrentes conforme critérios baseados em uso de plataformas digitais. Foram eles: preparação para as reuniões de mercado, com o fornecimento de materiais e interação entre participantes; dinâmicas mais deliberativas que expositivas; e participação e formalização das reuniões de forma digital.

O prêmio fez parte da programação do Digital Governance Conference, evento que reúne lideranças e especialistas para traçar o futuro da governança digital , que contou com a participação de diversos palestrantes; entre eles, Claudia Rockenbach, consultora em governança corporativa; Gisélia Silva, conselheira; e Sonia Consiglio, especialista em ESG e SDG Pioneer pelo Pacto Global da ONU.

Fundada em 2016 por Eduardo Carone, a startup Atlas Governance é líder em governance tech na América Latina. Atualmente, está presente em países como Brasil, México, Colômbia, Peru, Chile e Argentina. Mais de 400 organizações utilizam o sistema da empresa, com mais de 15 mil conselheiros e profissionais de governança impactados.