Caxias do Sul 27/05/2022

O “artesanato raiz” em oficinas gratuitas para a comunidade

Projeto “Um Novo Olhar Sobre o Baú da Vovó” atende a uma demanda reprimida pelas técnicas ancestrais
Produzido por redação, 27/01/2022 às 08:49:42
O “artesanato raiz” em oficinas gratuitas para a comunidade
Técnicas ancestrais da imigração são recuperadas no projeto
Foto: DIVULGAÇÃO

O projeto “Um Novo Olhar Sobre o Baú da Vovó” tem início em 1º de fevereiro e segue até o mês de agosto com 24 oficinas abertas e gratuitas para a comunidade, ministradas pelo grupo Imigrantes Della Montagna, num total de 288 vagas (máximo de 12 pessoas por turma), respeitando os protocolos sanitários.

Inscrições e contatos podem ser feitos pelo fone do Banco do Vestuário (54) 3901.1457 e pelo facebook do grupo Imigrantes Della Montagna.

Os cursos são franqueados aos participantes, sem despesas de qualquer ordem, incluindo os materiais e ferramentas a serem utilizadas. Além de novas oficinas, serão repetidas algumas já ministradas em 2021 no projeto “Janelas”, para atender a uma extensa fila de espera de interessados.

O projeto foi criado e desenvolvido a partir de experiências e pesquisas realizadas pelo grupo Imigrantes Della Montagna, com o objetivo de difundir as formas tradicionais de artesanato das diversas etnias da região que correm o risco de extinção, bem como de promover um olhar atual sobre o artesanato, com a aplicação de novas técnicas e materiais.

Novo curso atende a uma demanda reprimida devido à alta procura por vagas (Foto: Divulgação)

Em 2022 estão previstas seis oficinas no Banco do Vestuário, seis no Museu Histórico Municipal e outras 12 nos bairros Mariani, Salgado Filho, Madureira, Morada Feliz, Reolon e Centro.

“O artesanato melhora a saúde mental, emocional, social, incrementa a criatividade e oportuniza uma nova fonte de renda, resgatando técnicas agora sob uma nova leitura, com materiais diversificados”, defende a proponente do projeto, Susete Roveda, que ministra as oficinas ao lado de por Sandra Teixeira, Genessy Bertolini, Alda Lorenzi, Irma Trevisol e Derli Killp. Todas professoras de artesanato e também profissionais aposentadas.

O projeto “Um Novo Olhar Sobre o Baú da Vovó” é viabilizado por meio de financiamento da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (LIC), apoio cultural de Empresas Randon, Instituto Elisabetha Randon e Racon Consórcios.

O grupo Imigrantes Della Montagna se empenha no resgate do Folclore e Cultura de Caxias do Sul, através do ensino de artesanato de diferentes etnias. As oficinas incluem técnicas tradicionais que fizeram parte da imigração e hoje estão sendo esquecidas, pouco praticadas e/ou em risco de extinção pela falta de sua transmissão.

Os cursos são profissionalizantes e habilitam os participantes a bons retornos econômicos, além da saúde social, da integração e da perspectiva de criar novos produtos e expandir relações.

A iniciativa é um desdobramento dos projetos sociais “Finestra”, “Finestra II” e “Janelas”, realizados entre 2016 e 2021 para ensinar técnicas artesanais do folclore de várias etnias, com destaque para a imigração italiana na região.