Caxias do Sul 28/11/2020

NATAL 2020: maioria gastará menos e pagará os presentes à vista

Insegurança quanto ao futuro deixará consumidor mais cauteloso para as compras de final de ano
Produzido por redação, 18/11/2020 às 19:47:05
NATAL 2020: maioria gastará menos e pagará os presentes à vista
Foto: Lisiane Zago

Faltando pouco mais de um mês para o Natal, o clima de Noel ainda não ganhou força no comércio. Mas a tradicional pesquisa de final de ano da Fecomércio-RS, divulgada nesta semana, já dá algumas pistas de como o consumidor se comportará em um ano tão atípico quanto desafiador.

Um dado chama a atenção: 42,3% dos entrevistados gaúchos pretendem gastar menos ou muito menos do que no ano passado. Já 22,1% das pessoas planejam gastar mais ou muito mais e 34,8% devem desembolsar o mesmo do que no Natal de 2019:

“Acreditamos que o comércio possa ter uma retomada na data mais importante do ano", afirma a presidente do Sindilojas Caxias, Idalice Manchini.

Quanto às formas de pagamento, 69,4% dos consumidores pretendem efetuar compras à vista, denotando que a insegurança quanto ao futuro inibe o endividamento. Entre os que planejam parcelar, 57,6% preferem pagar entre uma e três parcelas.

Entre os presentes prediletos estão vestuário (67,8%), brinquedos (41,3%) e calçados (19,2%).

O número médio de presentes adquiridos por consumidor em 2020 será de 4,5 unidades. Já o gasto médio, por gaúcho, deve ser de R$ 574,16. Os homens devem investir R$ 735,11 em mimos, intenção bem maior do que a das mulheres (R$ 447,92). Cada presente custará, em média, R$ 129,25.

Os consumidores com interesse em realizar compras de Natal foram entrevistados no período de 13 a 22 de outubro de 2020. Das 385 entrevistas, 69 são de Caxias do Sul, representando 17,9% da amostra.