Caxias do Sul 18/08/2022

Fras-le abre novas ações na bolsa para captar R$ 630 milhões

Medida, oficializada em São Paulo, busca ampliar a estratégia de desenvolvimento e conquista de mercados internacionais da empresa caxiense
Produzido por redação, 12/04/2022 às 10:47:16
Fras-le abre novas ações na bolsa para captar R$ 630 milhões
Executivos comemoram oferta de ações na B3, no Centro de São Paulo
Foto: Cauê Diniz

A semana começou com adrenalina para a cúpula da caxiense Fras-le. O toque de campainha em cerimônia realizada na manhã de segunda-feira (11/04), na sede da B3, marca que capitaliza os investimentos na bolsa de valores, em São Paulo, celebrou a oferta primária de ações da empresa de reposição de autopeças que estreou no mercado financeiro em 1971. A oferta primária significa que a companhia vende as suas ações e o dinheiro vai diretamente para o seu caixa.

Dessa forma, a oferta de ações de uma das indústrias do conglomerado Randon busca captar recursos que serão direcionados para a continuidade da estratégia de expansão e investimentos em inovação. A distribuição pública primária foi de 52.450.000 novas ações, o que levantaria recursos da ordem de R$ 630 milhões, segundo cálculos do mercado.

Promovido na sede da B3, no centro de São Paulo, o evento contou com a participação do diretor de Relacionamento com Clientes da B3, Rogério Santana, do presidente das Empresas Randon e também conselheiro da Fras-le, Daniel Randon, do diretor-superintendente da Fras-le, Anderson Pontalti, e do diretor de M&A e Relações com Investidores da Fras-le, Hemerson de Souza, além de executivos, colaboradores e convidados.

"Esse movimento representa o sucesso da estratégia da nossa operação, direcionada a captar recursos para a continuidade do crescimento da Fras-le. Vamos seguir nossa expansão de mercado, ampliar nossa presença internacional e explorar tecnologias novas, a exemplo das pesquisas de nanotecnologia (desenvolvidas pela empresa NIONE). Este momento reforça o novo patamar alcançado pela empresa nos últimos anos e nos posiciona como um dos players mais estratégicos no segmento", ressalta o diretor de M&A (fusões e aquisições) e Relações com Investidores da Fras-le, Hemerson de Souza.

A oferta de ações foi realizada no Brasil sob a coordenação do Banco Itaú BBA S.A., do Banco BTG Pactual S.A., do Banco Bradesco BBI S.A. e do Banco Safra S.A., nos termos da Lei do Mercado de Valores Mobiliários. Simultaneamente, foram efetuados esforços de colocação das ações no exterior pelo Itau BBA USA Securities, pelo BTG US Capital LLC, pelo Bradesco Securities, e pelo Safra Securities.

Sobre a Fras-le

A Fras-le é uma das maiores fabricantes mundiais de material de fricção, atendendo os segmentos de montadoras e reposição. A companhia desenvolve, produz e comercializa produtos para automóveis, motos, veículos pesados, aviação e também para as linhas ferroviária e industrial. Com unidades nos Estados Unidos, China, Argentina, Uruguai e Índia, possui dez plantas industriais, seis centros de distribuição, quatro escritórios comerciais, dois centros de tecnologia e desenvolvimento e uma equipe capacitada para atender os clientes em mais de 125 países nos cinco continentes, oferecendo mais de 20 mil referências em soluções em autopeças. Desde 1996, a Fras-le é controlada pelas Empresas Randon.

A empresa é líder no mercado de reposição e coloca ao alcance do consumidor produtos com a qualidade da peça original, por meio das marcas Fras-le, Lonaflex, Fremax, Controil e Nakata. Com a recente aquisição da Nakata Automotiva, ampliou o portfólio de produtos com itens de suspensão, direção e powertrain. Possui ainda, em sociedade com as Empresas Randon, um dos mais avançados centros de pesquisas da América Latina.