Caxias do Sul 27/02/2021

Espetáculo teatral musical “GENI” em cartaz em março

Montagem está a cargo da primeira turma de Teatro Musical formada pela Central das Artes, de Caxias do Sul
Produzido por Marcos Fernando Kirst, 19/02/2021 às 14:22:41
Espetáculo teatral musical “GENI” em cartaz em março
Foto: Rafaela Caporale

POR MARCOS FERNANDO KIRST

A retomada gradual das atividades artístico/culturais com a presença de público, resguardando as medidas de proteção contra a propagação da pandemia do coronavírus, permite que, aos poucos, os espetáculos de qualidade retomem a cena e preencham as agendas de quem tem sede de arte.

Assim, o vindouro mês de março já se apresenta com potencial para ajudar a saciar essa sede, com a estreia da peça “Geni”, a cargo da primeira turma de Teatro Musical formada pela Central das Artes, de Caxias do Sul.

A peça será apresentada em quatro datas (6, 7, 13 e 14 de março), às 20h, no casarão do Centro Cultural Moinho da Cascata (Rua Luiz Covolan, 2820, bairro Santa Catarina). Metade da lotação da casa será disponibilizada para o público em cada noite, com lugares marcados. Excepcionalmente devido à pandemia, não haverá confraternização com os atores e integrantes da montagem ao final do espetáculo. Os ingressos, a R$ 20,00 cada, serão vendidos somente antecipadamente, pelo fone (54) 98145-1023.

Isso, no entanto, não ofuscará o brilho do trabalho que vem sendo preparado há mais de um ano pela equipe envolvida e arregimentada para a produção de “Geni”, espetáculo em que os atores interpretam, cantam e dançam a trama, em um roteiro original de autoria da atriz Jacqueline Aires, diretora e proprietária da Central das Artes.

A peça é baseada na música “Geni e o Zeppelim”, de Chico Buarque de Hollanda, que fez sucesso no espetáculo “Ópera do Malandro”, de 1978. A personagem é pinçada da trama de Chico para receber um enfoque especial que busca lançar luz a toda uma categoria social oprimida pelos três pilares da sociedade: a Igreja, o Poder e o Dinheiro. Dez músicas de Chico Buarque estão presentes no repertório, ajudando a conduzir a trama.

A androginia de Geni se faz detectar pelo fato de dois artistas (um ator e uma atriz) representarem a personagem em cena. “É um tema pesado, do início ao fim, mas os seis atores que estão em cena seguram muito bem o desafio. Tudo fruto de muito empenho e dedicação desde março do ano passado, quando tivemos de começar os ensaios e os exercícios preparatórios ainda via online, sem podermos ter contato interpessoal. Essa peça representa a superação de todos os envolvidos, guerreiros cientes da importância vital da arte como motor propulsor da compreensão da vida”, explica a diretora e autora do texto, Jacqueline Aires.

(Foto: Rafaela Caporale)

A preparação dos cantores e a direção musical do espetáculo são assinados por Fran Duarte. Rafaela Caporale responde pela preparação de dançarinos e pela direção coreográfica. A preparação de atores e a direção geral estão a cargo de Jacqueline Aires. O elenco é composto por Clara Sousa, Dionny, Luiza Renosto, Mike Almeida, Pedro Henrique Engster e Rodrigo Bechara.

A Central das Artes é uma cooperativa cultural criada por Jacqueline em Caxias do Sul em 2013, focada no ensino em quatro áreas artísticas: música, dança, teatro e canto. Sua sede localiza-se na Rua Dr. Montaury, 1441, no Edifício Reynolds. “Geni” é a primeira peça no gênero teatro musical produzida por seus alunos.

Jacqueline Aires é atriz profissional, formada em Teatro pela Universidade Federal do Pará, em Belém. Nascida em Fortaleza, a cearense radicou-se em Caxias do Sul em 2010 para aqui dar sequência a seu projeto de respirar arte e levá-la ao público. Uma mostra significativa dessa entrega poderá ser apreciada nas quatro sessões de “Geni” em março. Imperdível.

“GENI” – TEATRO MUSICAL

ELENCO

Clara Sousa e Dionny (Geni)

Luiza Renosto (Beata Marta)

Mike Almeida (Prefeito)

Pedro Henrique Engster (Banqueiro)

Rodrigo Bechara (Padre e Comandante)