Caxias do Sul 18/08/2022

Empresas caxienses participam de seminário sobre mobilidade elétrica na Assembleia Legislativa

Magnani Luz e Energia e Marcopolo apresentam cases na próxima segunda-feira, em Porto Alegre
Produzido por Silvana Toazza, 08/04/2022 às 17:07:48
Empresas caxienses participam de seminário sobre mobilidade elétrica na Assembleia Legislativa
Estação de recarga do Café Tainhas integra os primeiros pontos
Foto: Mauro Martins

A mobilidade elétrica entra definitivamente na pauta de empresas, do poder público e da sociedade. Circular de carro elétrico não é luxo, tampouco algo distante. Mas uma tendência mundial com foco na sustentabilidade do planeta.

A pertinência da discussão, já que em menos de 10 anos muitos países deixarão de fabricar carros a gasolina, faz com ela seja alvo de debate na próxima segunda-feira, 11 de abril, das 9h às 17h, no Plenarinho da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. Trata-se do Seminário sobre Mobilidade Elétrica da Assembleia Legislativa.

No elenco de palestrantes de renome encontram-se duas empresas de Caxias do Sul: a Magnani Luz e Energia e a Marcopolo. Carlos Magnani, diretor de Eficiência Energética da Magnani Luz e Energia, integrará o painel sobre Impactos, Infraestrutura e Transição Energética, que começa às 10h30min, jogando luzes sobre o case da 1ª Rota do Veículo Elétrico no Rio Grande do Sul.

Mapa aponta os primeiros pontos estratégicos a receber as estações no RS

A empresa encabeça o projeto inicial de instalação de 16 estações de recarga em pontos estratégicos do Estado, em parceria com empresários, entidades e com o sistema Sicredi. Os três primeiros pontos de carregamento de veículos elétricos capitaneados pela Magnani entraram em funcionamento nos últimos meses, junto ao Café Tainhas (São Francisco de Paula), Casa Fagundes (distrito de Vila Cristina, em Caxias do Sul) e Cantinho do Pescador (Torres).

“Atualmente, 86% das emissões de CO2 (gás carbônico) são da queima dos combustíveis fósseis (leia-se o petróleo e seus derivados e o gás natural). Portanto, indo ao encontro do compromisso global da descarbonização do planeta, o futuro sustentável da mobilidade é elétrico. Trata-se de uma realidade presente. Nesse sentido, iniciamos a 1ª Rota Elétrica do RS , disponibilizando a infraestrutura de recarga , impulsionando o avanço desses modelos de veículos, sendo de passeio, frotas comerciais, motos e bikes. Inicialmente, são 16 estações de recarga contemplando as regiões da Serra, Litoral Norte e Metropolitana, com investimentos de R$ 880 mil, por meio de parcerias privadas”, destaca Carlos Magnani.

Da Serra, também participa do seminário a Marcopolo, exibindo seu case sobre o fomento de startups, em painel a partir das 14h30min de segunda-feira, com a explanação do diretor de inovação da fabricante de ônibus, Alexandre Cruz.

O seminário é aberto ao público. Tem a organização da Frente Parlamentar da Mini e Micro Geração de Energia Renovável e do Fórum Democrático Desenvolvimento Regional, em parceria com o Programa RS SOLAR. No final do encontro, será elaborada uma Carta para a Eletromobilidade no Rio Grande do Sul.

Serviço

O quê: Seminário sobre Mobilidade Elétrica da Assembleia Legislativa do RS

Quando: Segunda-feira, dia 11 de abril

Horário: Das 9h às 17h

Onde: 3º andar da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre

Programação

Leia também:

Primeira Rota do Veículo Elétrico aciona as três primeiras estações de recarga