Caxias do Sul 28/09/2021

Franquias podem elevar o faturamento ainda em 2021

Para crescer neste momento é preciso adaptar-se ao cenário e correr alguns riscos
Produzido por Renato Alves, 08/09/2021 às 08:03:42
Foto: ARQUIVO PESSOAL

Os resultados da Pesquisa de Desempenho das Franquias no primeiro trimestre de 2021, realizada pela ABF - Associação Brasileira de Franquias -, revelam que o setor de franchising ainda está se esforçando para se recuperar da crise causada pela pandemia de Covid-19, e o caminho é árduo. Nos três primeiros meses deste ano, o faturamento do setor recuou em 4%, se comparado ao mesmo período de 2020.

Em um momento de crise como o que estamos vivendo, é comum - e às vezes até mais fácil - recorrer pelo caminho mais seguro, resguardar os negócios sem arriscar e não colocar tudo a perder. Essa pode ser uma saída inteligente e que já salvou muitas empresas da falência, mas, se observarmos de perto as características do setor, para elevar o faturamento de uma franquia neste momento é preciso correr alguns riscos, apostar no novo e adaptar-se ao cenário no qual seu negócio está inserido.

Um exemplo de adaptação são as franquias que usaram o trabalho remoto para expandir ainda mais o negócio. Nesta mesma pesquisa, a ABF aponta o crescimento de 7,1% para 10,3% das franquias Home Based, aquelas em que o empreendimento funciona em uma residência, sem pontos comerciais. Em tempos de isolamento social, alguns empreendedores conseguiram transferir boa parte das operações para suas próprias casas, algo que não é muito comum nesse setor, mas que tem dado certo.

Outra saída é a possibilidade de dar um passo ainda maior, como internacionalizar o empreendimento. Este, que pode ser considerado apenas um sonho, pode abrir muitas portas. Isso porque a franquia tem chances de conquistar novos mercados, expandir a carteira de clientes e até mesmo reduzir a carga tributária. Além disso, abrir a possibilidade de se envolver em negócios internacionais e ter o título de uma franquia global aumentam ainda mais a credibilidade no momento de fechar novas parcerias.

Outra estratégia é comunicar-se com o seu público da forma adequada. Investir em novos caminhos com o marketing de influência e estratégias de comunicação 360º são imprescindíveis para gerar leads qualificados, fazer com que sua marca seja reconhecida e, consequentemente, aumentar o faturamento.

Por fim, ainda reforço que o segmento de franquias é estável e se mostra promissor para quem estiver atento e aberto às novas possibilidades. Prender-se a modelos antigos não fará com que seu negócio seja escalável. Portanto, adapte-se à nova realidade, busque diferentes alternativas de expansão e pense fora da caixinha. Essas são, sem dúvida, as principais premissas de sobrevivência em tempos de crise.

Renato Alves é Diretor de Expansão da Bicalho Consultoria Legal, empresa especializada em migração, internacionalização de negócios e franquias.

Do mesmo autor, leia outro texto AQUI