Caxias do Sul 18/08/2022

Saiba quais são os vilões do consumo de energia elétrica na sua casa

Portal de notícias traz o cálculo de quanto pesa no bolso manter ligados os eletrodomésticos e como economizar na fatura
Produzido por Silvana Toazza, 29/04/2022 às 10:22:15
Saiba quais são os vilões do consumo de energia elétrica na sua casa
Ar-condicionado é um dos itens de alto consumo
Foto: FreePik

POR SILVANA TOAZZA

Em sete anos, a conta da energia elétrica do brasileiro subiu 137% a mais do que a inflação. Contudo, controlar o consumo ainda é um desafio, a despeito de fontes sustentáveis como a energia solar.

Com as temperaturas mais baixas se aproximando do Sul, a tendência do consumidor da Serra Gaúcha é ver a fatura no final do mês escalar ainda mais com a entrada em cena de equipamentos como ar-condicionado, aquecedores, banhos mais quentes e demorados, entre outros aparelhos e hábitos.

E surge mais um ingrediente preocupante: com o déficit de R$ 30 bilhões da Conta de Desenvolvimento Energético, a tarifa de energia elétrica pode subir 4,65% para os consumidores do Sul, conforme estimativa divulgada há poucos dias pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

No entanto, há formas de economizar energia elétrica apostando em instalações bem dimensionadas e na substituição de aparelhos antigos por eletrodomésticos mais modernos com alta eficiência energética e com selos do Programa Nacional de Conservação Elétrica (Procel). Além disso, a utilização consciente ainda é um dos mais promissores caminhos. Quanto gasta determinado equipamento? É necessário diminuir o tempo de banho? Pode-se manter o ar-condicionado ligado o dia todo?

Para responder a essas perguntas, o portal de notícias entrevistou especialistas no assunto ligados à Magnani Luz e Energia, empresa caxiense com mais de 50 anos de história, que ajudaram a simular gastos com base na potência e no tempo em que cada um desses aparelhos permanece ligado, de modo que a energia elétrica consumida seja calculada em quilowatt-hora (kWh).

“Uma instalação elétrica tem vida útil de 25 anos. Depois disso, é necessário que seja revista, pois há depreciação da fiação pelo tempo de uso, incidindo em aumento do consumo, além de representar riscos”, explica Paulo Magnani, diretor geral da Magnani Luz e Energia.

Com a crise hídrica, economizar energia segue sendo a palavra de ordem para quem não quer desembolsar mais do que o previsto no orçamento, sendo esse um rombo financeiro que pode gerar endividamento familiar e até insustentabilidade às empresas.

Alessander de Vargas Vieira, coordenador comercial da Magnani Luz e Energia, ressalta que o cálculo de consumo pode ser feito pela combinação entre potência do equipamento, tempo de utilização e preço da energia.

“Hábitos conscientes, uso racional e escolha de equipamentos eficientes são fundamentais para obter economia de energia elétrica”, expressa Alessander, acrescentando que, nesse contexto, a energia solar ganha cada vez mais importância estratégica no mercado. Até porque quem investir em usinas fotovoltaicas em 2022 se beneficiará da isenção da tarifa de uso do sistema de distribuição, que entrará em vigor em 2023.

Consumidor precisa restringir tempo de banho para economizar (foto: iStock)

O custo da energia elétrica de cada aparelho ligado

Ou seja, para dimensionar o peso no bolso, deve-se calcular a quantidade média de energia elétrica consumida, medida em kWh (quilowatt-hora). Essa conta depende da potência do equipamento e do seu tempo médio de uso. O valor, nesse cálculo, respeita a tarifa da RGE de abril de 2022 (com preço médio de R$ 1,06 por kWh).

Algumas simulações:

Chuveiro 7.500 watts

Banho de 10 minutos = R$ 1,27

Família (três banhos por dia) por 30 dias = R$ 114,48

Ar condicionado de 2000 watts

Ligado oito horas por dia = R$ 16,96

Ligado por um mês oito horas por dia = R$ 508

Lavadora e Secadora de Roupas Samsung 11kg

Ciclo com água quente = R$ 9,98 por lavagem

Uso diário de ciclo completo por mês = R$ 299,55

Geladeira Frost Free

Ligada mensalmente = R$ 57

Lâmpada LED 10 watts

Ligada 12 horas por dia no mês = R$ 3,81

Lâmpada comum 100 watts

Ligada 12 horas por dia no mês = R$ 38,16

Panela Air Fryer 1500 watts

Uma hora ligada para batatas fritas = R$ 1,59

Smartphone (iPhone)

Carregamento de duas horas por dia/mensal = R$ 0,31 (média)

Carro elétrico

Veículo elétrico com bateria de 52kw/h, com conversor de 7,4 kw, consome 0,19kw/km = gasto de R$ 0,20 por quilômetro rodado

Televisão 32 polegadas

Uma hora = R$ 0,10

Forno elétrico 2000 watts

Uma hora de uso = R$ 2,12

Televisão está entre os 10 equipamentos que mais consomem energia (foto: iStock)

Atitudes diárias que podem gerar economia no fim de mês

enlightened Evite deixar televisão ligada enquanto não está assistindo ou está em outra atividade. Opte pelo rádio, se estiver só ouvindo, ou pelo aparelho celular.

enlightened Evite abrir e fechar várias vezes a geladeira ou deixá-la por muito tempo aberta.

enlightened Verifique a vedação da borracha da geladeira constantemente.

enlightenedAproveite a luz do dia para atividades como leitura.

enlightened Tome sempre banhos mais curtos. Se estiver calor, mude para a posição verão.

enlightened Não deixe para passar roupas quando precisar usá-las. Passe uma pilha de peças de uma vez só. O ferro de passar é um dos equipamentos que mais consomem energia. O mesmo vale para quem usa a secadora de roupas.

enlightened Se estiver comprando novos aparelhos e eletrodomésticos para a casa, busque aqueles que têm selo de classificação de eficiência.

enlightened Não deixe luzes acesas quando não estiver no ambiente.

enlightened Evite a utilização de transformadores de energia, eles gastam mais para converter a tensão.

enlightened Troque as lâmpadas comuns pelas de LED, que são mais econômicas.

enlightened Restrinja o uso do ar-condicionado ou aquecedor.

enlightened Não coloque alimentos quentes na geladeira, que exigirá mais energia para ser resfriada.

OS VILÕES

Os 10 equipamentos que mais consomem energia na sua casa

Ar-condicionado

Chuveiro elétrico

Fogão elétrico (cooktop)

Geladeira ou freezer

Lavadora de louças

Televisão

Ventilador

Computador

Forno elétrico

Secadora de roupas


Curiosidades

yes O chuveiro elétrico é um dos aparelhos que mais consomem energia elétrica em uma residência. Representa de 25% a 35% do valor da conta.

yes Nos dias quentes, coloque o chuveiro na posição “verão”, baixando o consumo em 30%.

yes Nunca reaproveite resistência queimada, pois provoca o aumento do consumo e coloca em risco sua segurança.

yes O ar-condicionado pode representar 15% do valor da sua conta de luz.

yes Mantenha portas e janelas fechadas, evitando assim a entrada de ar de ambiente externo, e limpe sempre os filtros, pois a sujeira impede a livre circulação do ar e força o aparelho a trabalhar mais.

Magnani Luz e Energia

Caxias do Sul: Avenida Rubem Bento Alves, 4.549, Perimetral Norte, bairro Santa Catarina

Torres: Avenida Barão do Rio Branco, 876, Centro

Acesse www.magnani.com.br

Telefone: (54) 4009-5255

Leia também:

Marco legal antecipará projetos de energia solar