Caxias do Sul 19/04/2024

Projeto convida crianças e jovens de Caxias do Sul a soltar a imaginação

Ação é baseada na obra “Tempo de Navio”, da escritora Elaine Pasquali Cavion
Produzido por redação, 20/03/2024 às 13:11:48
Projeto convida crianças e jovens de Caxias do Sul a soltar a imaginação
Lançamento da iniciativa da escritora ocorre neste sábado (dia 23), no Centro de Cultura Ordovás
Foto: Luciana Gallioto/Divulgação

Tempo de Leitura é mais uma expressão da simbiose que existe entre a escritora Elaine Pasquali Cavion e a literatura. Desde a infância, a autora vem vivendo acontecimentos que dão forma a essa relação tão profunda entre a vida dela e os livros.

Neste sábado (dia 23), com financiamento da Lei Paulo Gustavo e apoio de Editora Aletria e da Fundação de Assistência Social (FAS), começa mais uma jornada. Baseada no livro "Tempo de Navio", publicado em 2020, o projeto Tempo de Leitura deixa o porto e começa a navegar por instituições da cidade.

A obra conta a história de um menino que recebe um convite surpreendente: subir as escadas de um navio que navega no céu. Ao chegar lá em cima, ele passa a enxergar o próprio mundo sob uma perspectiva inusitada. “Esse é um livro sobre como o tempo passa de modo diferente quando imaginamos”, define a autora, que agora estenderá o convite à imaginação para crianças e jovens de seis serviços de acolhimento de Caxias do Sul. Com o objetivo de atender a todos, o projeto será realizado nos dois turnos de atendimento de cada um deles, totalizando 24 atividades (veja detalhamento abaixo) e atingindo 500 pessoas.

Definindo-se como uma escritora de histórias para a infância, Elaine tem oito livros publicados e a preocupação de levá-los a quem pouco acessa a literatura. O Tempo de Leitura é a oportunidade de crianças e jovens terem contato com uma obra que é referência e tem ilustrações de Odilon Moraes, vencedor de um prêmio Jabuti. Para que essa mensagem chegue nas crianças e nos jovens da melhor forma, o projeto prevê, também, ações com educadores sociais. E o ponto de partida, sábado, no Centro de Cultura de Ordovás, é uma oficina de contação de histórias para quem trabalha com um público que tenha alguma deficiência. A partir desse momento, o navio parte para os centros de acolhimento, que foram selecionados juntamente com a FAS.

As ações do projeto Tempo de Leitura

laugh 12 sessões de contação de histórias com Gica Conta e Zé Henrique;

wink 12 formações “Tempo de ler, imaginar e viver” para educadores sociais com Elaine Cavion;

laugh 120 livros distribuídos de forma gratuita e acessível;

wink uma oficina “Como contar histórias para surdos, pessoas com deficiência visual ou com autismo” para agentes culturais e mediadores de leitura com Isabel Varriale Damian