Caxias do Sul 18/05/2021

MARCOPOLO: meta é vender 400 ônibus elétricos na América Latina até 2022

Fabricante caxiense avança na produção de veículos sustentáveis em parceria com a chinesa BYD
Produzido por redação, 30/04/2021 às 16:20:14
MARCOPOLO: meta é vender 400 ônibus elétricos na América Latina até 2022
Foto: Claudio Vieira

O desafio global de minimizar os impactos ambientais causados pela emissão de gases poluentes transforma-se em uma oportunidade de mercado para a caxiense Marcopolo. A líder em carrocerias de ônibus no país e no Exterior acelera a produção de veículos sustentáveis.

Responsável por apresentar recentemente o primeiro veículo leve sobre pneus (VLP) 100% elétrico do Brasil, em parceria com a gigante chinesa BYD (chassis), a companhia já confirmou na prática o amplo espaço deste mercado. Já houve contratos envolvendo 370 ônibus elétricos e híbridos para diversos países, incluindo Argentina, Austrália e Índia, sendo 75 desses veículos em circulação no território brasileiro.

Diante desse cenário e da mudança de paradigma na matriz energética, a Marcopolo tem a expectativa turbinada de que outros 400 ônibus elétricos/híbridos estejam em circulação em toda América Latina até 2022.

A saber: a redução da emissão de gases de efeito estufa é um compromisso dos países, firmado no Acordo de Paris, e reforçado pelo presidente norte-americano, Joe Biden, na Cúpula do Clima, com a participação de 40 nações. No encontro, foram reforçados os compromissos com as medidas que vão ajudar a limitar o aquecimento do planeta em 1,5°C em 100 anos.