Caxias do Sul 05/08/2020

Indústria caxiense anuncia programa permanente de home office

As equipes recebem auxílio financeiro para adequações nas estações de trabalho, agora em casa, e ajuda para gastos com luz, internet e alimentação
Produzido por redação, 14/07/2020 às 11:24:27
Indústria caxiense anuncia programa permanente de home office
Trabalho em casa foi aprovado por funcionários
Foto: Bruno Kriger

O coronavírus alterou as rotinas de trabalho das empresas e exigiu decisões rápidas. O Grupo Brinox, com sede em Caxias do Sul, por exemplo, precisou demitir mais de 100 trabalhadores em abril, já que, com as lojas fechadas, houve redução na carteira de pedidos. O novo cenário também forçou a implementação de um projeto permanente de home office para suas unidades.

Em fase de estruturação por uma equipe multidisciplinar desde maio, a ação é considerada rara (e até inédita) no ramo da indústria e abrange todos os funcionários de funções administrativas e de suporte da empresa. No radar de trabalho estão adequações a questões estruturais, tecnológicas e institucionais. A produção, claro, exige trabalho presencial.

O projeto da Brinox encontra-se em fase piloto, visto que boa parte da equipe administrativa e de áreas de suporte já atua remotamente desde o final do mês de março, com o início da pandemia da Covid-19 e o andamento dos decretos municipais e estaduais na Serra.

Mesmo após a possibilidade de retomada, a marca focada em utilidades domésticas já decidiu que adotará um formato híbrido: três vezes por semana com as equipes em casa e duas vezes por semana em modelo presencial, para alinhamentos, reuniões e comunicados em geral na fábrica matriz, em Caxias do Sul.

Os funcionários estão sendo amparados em temas como treinamento de tecnologias e ergonomia. As equipes também recebem auxílio financeiro para adequações nas estações de trabalho, agora em casa, e ajuda para gastos com luz, internet e alimentação.

A ação recebeu a aprovação dos times, a partir de pesquisa com cerca de 100 funcionários das áreas administrativas e de suporte, demonstrando índices de satisfação e aumento de produtividade. O nível de aprovação do projeto atingiu 98,6%.

Foram evidenciadas questões como "uma maior qualidade de vida", "menos despesas" e "maior nível de concentração" como pontos positivos no projeto que a indústria trabalha agora para manter permanentemente.

"Desde março, quando passamos a trabalhar remotamente, percebemos um alto nível de entrega e engajamento dos nossos colaboradores. Acreditamos que oferecer esse formato irá incentivar ainda mais a todos para que façam e sintam que são parte importante do nosso negócio", destaca a gerente de Recursos Humanos do grupo, Celiz Frizzo.

700 funcionários e 6 mil itens

Referência no segmento de utilidades domésticas, o Grupo Brinox possui hoje 700 funcionários em sua matriz em Caxias do Sul e conta com um mix de produtos com mais de 6 mil itens das marcas Brinox, Coza e Haus Concept.

O conglomerado possui ainda uma unidade no Espírito Santo e escritórios na capital paulista e em Guangzhou, na China, além da força comercial própria presente nas principais cidades do país.