Caxias do Sul 05/08/2020

Cinco empresas da Serra figuram entre as 50 mais inovadoras do Sul do país

Confira as companhias da região que brilham na pesquisa Campeãs da Inovação, da Revista Amanhã
Produzido por Silvana Toazza, 12/07/2020 às 19:11:25
Cinco empresas da Serra figuram entre as 50 mais inovadoras do Sul do país
Grupo Randon se destaca em ranking
Foto: Jefferson Bernardes

Em um momento em que ser inovador passou a ser moeda de sobrevivência e de competitividade industrial num mercado tão retraído por conta do coronavírus, a Serra Gaúcha mostra que faz a lição de casa e inspira.

Cinco empresas da região figuram entre as 50 mais inovadoras do Sul do país, evidenciando que seus processos e produtos estão em sintonia com as necessidades do consumidor.

Na pesquisa Campeãs da Inovação, recém divulgada pela Revista Amanhã, constam as Empresas Randon, de Caxias do Sul, em quarta colocação, no setor automotivo; a também caxiense Fras-le, pertencente ao mesmo grupo, em sexta posição, do filão de peças e acessórios; e a Grendene, de Farroupilha, em 11º lugar, do segmento de couro e calçados.

Integram a elite da inovação, ainda, em ordem alfabética, entre 26ª e 5ª posição, outras duas marcas da Serra Gaúcha: Soprano Fechaduras e Ferragens, de Farroupilha, do ramo de ferragens, e Valeo Climatização do Brasil, de Caxias, do segmento eletromecânico.

O levantamento Campeãs da Inovação, que chega à 16ª edição, aponta as organizações que melhor respondem aos desafios da disrupção contínua em suas linhas de negócio.

Um salto no ranking

Na comparação com 2019, as Empresas Randon, entre os maiores conglomerados de implementos rodoviários do mundo, subiram três posições no ranking, e aparecem na quarta posição geral e liderando na categoria Automotivo desta edição. Já a Fras-le estreia na lista neste ano e figura na sexta colocação geral e em primeiro na categoria Peças e Acessórios.

A companhia ainda aparece em terceiro lugar na dimensão Resultados, uma das seis pesquisadas e com mais peso no estudo, que descortina a capacidade de transformar ideias e sugestões em resultados concretos, tangíveis e mensuráveis.

A lista permite que cada organização possa medir seu grau de inovação, podendo se comparar, inclusive, com empresas do mesmo setor e de outros. Na pesquisa, os gestores revelam como a marca trabalha aspectos como estratégia e recursos voltados à inovação. Em algumas questões, é necessário que o responsável descreva detalhadamente alguns processos internos.

Os questionários são processados na Central do IXL-Center, em Cambridge, na região metropolitana de Boston, nos Estados Unidos. Nesta edição, o levantamento teve mais de 35 mil acessos, e deu origem à relação das 50 empresas mais inovadoras do Sul, além de quatro subrankings que contemplam Ensino & Pesquisa, Estatais e Filantrópicas, Micro e Pequenas Empresas e Startups.

Curiosidade

A Grendene nasceu em 1971 em Farroupilha, município que até o início da década de 1990 concentrava a produção de calçados da empresa. Atualmente, a cidade abriga a sede administrativa, na qual são promovidas as pesquisas e o desenvolvimento dos produtos, o gerenciamento do portfólio, as operações comerciais, a exportação, o marketing e a gestão financeira.

A Grendene, em 1990, implantou sua primeira fábrica no Ceará, primeiro passo para a expansão fabril do grupo no Nordeste, movida por estímulos e incentivos, e onde produz inclusive os calçados da famosa marca Melissa.

Fechaduras inteligentes

Entre as novidades lançadas pela Soprano nos últimos anos estão fechaduras inteligentes, controladas via aplicativo; uma linha inédita de utilidades domésticas a partir das principais tendências do design mundial; as fechaduras digitais para móveis, acionadas por meio de senhas ou por cartão; e uma linha para energia solar fotovoltaica.

A empresa também lançou, em fevereiro deste ano, do Espaço Fidati, Núcleo de Inovação com sede em Florianópolis, voltado para o desenvolvimento de soluções para o mercado em parceria com startups.

Serra Gaúcha na elite da inovação

4ª) Empresas Randon, de Caxias do Sul, setor automotivo

6ª) Fras-le, de Caxias do Sul, peças e acessórios

11ª) Grendene, Farroupilha, couro e calçados

Da posição 26ª a 50ª, as empresas estão listadas em ordem alfabética:

- Soprano Fechaduras e Ferragens, de Farroupilha, setor de ferragens

- Valeo Climatização do Brasil, de Caxias do Sul, ramo eletromecânico