Caxias do Sul 05/08/2020

Batido o martelo: bandeira vermelha para a região de Caxias do Sul

Governador Eduardo Leite confirmou mapa definitivo, que passa a valer nesta terça-feira
Produzido por redação, 13/07/2020 às 17:47:55
Batido o martelo: bandeira vermelha para a região de Caxias do Sul
Eduardo Leite confirmou bandeira no final da tarde desta segunda-feira
Foto: Reprodução

Na décima rodada do mapa definitivo de distanciamento controlado do Rio Grande do Sul, divulgada no final da tarde desta segunda-feira (13), a região de Caxias do Sul não conseguiu reverter a bandeira vermelha e passa a partir desta terça-feira (14) a sofrer restrições mais severas para inibir a contaminação pelo coronavírus.

Com isso, o comércio não essencial deverá ter atuação restrita até a próxima segunda-feira (20), mantendo como exceção o atendimento pelo pague e leve e drive thru, com 25% das equipes, conforme reivindicação dos comerciantes e anúncio do governador Eduardo Leite.

Dessa forma, o Rio Grande do Sul baixou de 15 para 10 regiões com bandeira vermelha, a partir dos recursos encabeçados por entidades. Além de Caxias do Sul, ficam na bandeira vermelha as regiões de Cachoeira do Sul, Novo Hamburgo, Palmeira das Missões, Passo Fundo, Taquara, Porto Alegre, Canoas, Capão da Canoa e Pelotas.

Como de praxe semanal, os 49 municípios da região tiveram até domingo para apresentar recursos junto ao governador, que os submeteu à apreciação do Gabinete de Crise nesta segunda-feira.

Nas últimas duas semanas, a Serra também tinha voltado a ingressar na bandeira vermelha, mas a Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) apresentou recursos e conseguiu, em ambas as vezes, reverter a decisão, garantindo que o comércio não essencial pudesse continuar atendendo, seguindo as regras de distanciamento e redução do contingente de trabalhadores. Mas nesta semana, apesar das contraposições, não houve recuo na decisão preliminar e a região passa a sofrer as restrições da bandeira vermelha (risco alto).

O Rio Grande do Sul não conta no momento com nenhuma região com bandeira amarela (risco baixo) e nem preta (risco altíssimo). Caxias do Sul confirmou nesta segunda-feira a 31ª morte pela Covid-19.

Com o fechamento de lojas, o comércio caxiense deixa de faturar R$ 3,3 milhões por dia, representando uma queda de 53% nas comercializações, aponta a CDL a partir de dados calculados com base nos números de arrecadação do ICMS.

CONFIRA OS 49 MUNICÍPIOS QUE INTEGRAM A REGIÃO DE CAXIAS DO SUL:

Alto Feliz
Antônio Prado
Bento Gonçalves
Boa Vista do Sul
Bom Jesus
Bom Princípio
Campestre da Serra
Canela
Carlos Barbosa
Caxias do Sul
Coronel Pilar
Cotiporã
Esmeralda
Fagundes Varela
Farroupilha
Feliz
Flores da Cunha
Garibaldi
Gramado
Guabiju
Guaporé
Ipê
Jaquirana
Linha Nova
Monte Alegre dos Campos
Monte Belo do Sul
Muitos Capões
Nova Araçá
Nova Bassano
Nova Pádua
Nova Petrópolis
Nova Prata
Nova Roma do Sul
Paraí
Picada Café
Pinhal da Serra
Pinto Bandeira
Protásio Alves
Santa Tereza
São Jorge
São José dos Ausentes
São Marcos
São Vendelino
União da Serra
Vacaria
Vale Real
Veranópolis
Vila Flores
Vista Alegre do Prata