Caxias do Sul 27/02/2021

32 empresas da Serra figuram entre as 500 MAIORES DO SUL

Confira quais companhias da região integram a elite corporativa dos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná
Produzido por Silvana Toazza, 09/12/2020 às 11:29:24
32 empresas da Serra figuram entre as 500 MAIORES DO SUL
Soprano está entre as maiores do Sul
Foto: Âncora Produções

A Serra Gaúcha confirma, mais uma vez, seu papel de destaque na elite empresarial do Sul do Brasil. No ranking das 500 MAIORES DO SUL, anunciado pela revista AMANHÃ e pela consultoria PwC, 32 companhias da região (tabela ao final do texto) ganham evidência ao lado de grandes marcas de outras regiões do Rio Grande do Sul, além de Santa Catarina e Paraná.

Os dados apurados para contabilizar o levantamento são de 2019, ratificando o que se sabia: o momento era de profunda ascensão do meio empresarial após anos de apatia. Portanto, 2020 se apresentava promissor, mas a pandemia arrefeceu os ânimos de um cenário que se mostrava de escalada dos negócios.

Da região, encabeçam a liderança entre as maiores organizações do Sul do país Empresas Randon, Marcopolo e Tramontina. No ano passado, o conglomerado Randon registrou receita líquida de R$ 5,092 bilhões, avanço de 19,47% sobre o ano anterior. Já a Marcopolo e suas coligadas obteve resultado de R$ 4,314 bilhões, aumento de 2,79%, e a Tramontina alcançou receita líquida de R$ 3,882 bilhões, acréscimo de 4,44% sobre 2018.

No total, a elite corporativa do Sul somou R$ 620 bilhões em vendas. Encabeça a lista geral a catarinense Bunge Alimentos, com receita líquida de R$ 37,5 bilhões.

O valor dos patrimônios das 500 maiores companhias paranaenses, catarinenses e gaúchas alcançou no ano passado R$ 322,4 bilhões, incremento de 8,1%.

"Analisamos cerca de 2 mil balanços de empresas da Região Sul. Vimos que muitas dessas companhias estavam em um ritmo acelerado de crescimento, mas tiveram de colocar o pé no freio agora em 2020. A nossa percepção é de que o fôlego e a disposição de 2019 ainda existem, estão latentes, e podem ser retomados. O aprimoramento das práticas ligadas à governança, sustentabilidade e diversidade deverão guiar as empresas que querem se manter no topo do ranking para os próximos anos", avalia Carlos Peres, sócio da PwC Brasil.

A solenidade de premiação ocorrerá de forma virtual dia 16 de dezembro de 2020, com transmissão no canal do Grupo Amanhã no Youtube.

Inovação e diversificação de portfólio

A Soprano (controlada pela holding Paco Indústria Metalúrgica), com matriz em Farroupilha, consta em 226ª colocação no ranking das 500 Maiores do Sul. Na lista das maiores gaúchas, figura em 81ª posição.

Com receita líquida de R$ 416 milhões em 2019, crescimento de 13%, a Soprano destaca como diferenciais para assegurar o posto na primeira fila do elenco corporativo investimentos constantes em inovação, novos negócios e estrutura adequada para cada momento. Além disso, está no seu DNA a diversificação de portfólio, atendendo às demandas e tendências do mercado.

Com mais de 65 anos de história, a empresa atua fortemente nos mercados de construção civil, materiais elétricos, moveleiro e utilidades domésticas. Com matriz em Farroupilha, conta com unidades também em Caxias do Sul e Campo Grande/MS. Fora do Brasil, marca presença na Cidade do México. O escritório de negócios em Xangai, na China, é outro diferencial da companhia.

Por posição, setor e cidade-matriz, confira as empresas da Serra que figuram entre as 500 Maiores do Sul:

27) Empresas Randon, setor automotivo, Caxias do Sul

30) Marcopolo e Controladas, setor automotivo, Caxias do Sul

31) Grupo Tramontina, metalurgia, Carlos Barbosa

33) Grendene S/A, couro e calçados, Farroupilha

46) Rodoil Distribuidora de Combustíveis S/A, comércio, atacado e varejo, Caxias do Sul

90) Paludo Participações S/A, plástico e borracha, Nova Prata

107) Colombo , comércio, atacado e varejo, Farroupilha

131) Todeschini S/A, móveis, Bento Gonçalves

149) Fuga Couros S/A, couro e calçados, Marau

177) Unimed Nordeste, saúde, Caxias do Sul

212) Pettenati S/A, têxtil e confecções, Caxias do Sul

224) Madeireira Giacomet S/A, madeira e cultivo florestal, Caxias do Sul

226) Paco Ind. Metalúrgica S/A (Soprano), metalurgia, Farroupilha

232) Tondo S/A, alimentos e bebidas, Caxias do Sul

236) Ceran – Cia. Energ. Rio das Antas, energia, Bento Gonçalves

240) Fund. Univers. de Caxias do Sul (UCS), educação, Caxias do Sul

244) Madem S/A, móveis, Garibaldi

286) Salton Participações S/A, alimentos e bebidas, Bento Gonçalves

299) Voestalpine Meincol S/A, metalurgia, Caxias do Sul

315) Bertolini S/A, móveis, Bento Gonçalves

332) Moinho do Nordeste S/A, alimentos e bebidas, Antônio Prado

340) Valeo Climatização, eletromecânico, Caxias do Sul

373) Unicasa Indústria de Móveis S/A, móveis, Bento Gonçalves

383) Mogasa – Moinhos Galópolis S/A, alimentos e bebidas, Caxias do Sul

400) Mecasul Automecânica S/A, comércio, atacado e varejo, Caxias do Sul

420) Pisani Plásticos S/A, plástico e borracha, Caxias do Sul

434) Crediare S/A, financeiro, Farroupilha

452) Intral S/A, eletroeletrônicos, Caxias do Sul

464) Neogás do Brasil, gás natural, petróleo e petroquímica, Caxias do Sul

473) Metasa S/A, metalurgia, Marau

480) Sociedade Educacional Santa Rita S/A (FSG), educação, Caxias do Sul

496) Newsul S/A, emb. e componentes plásticos e borracha, Bento Gonçalves

Fonte: Revista Amanhã e PWC Brasil