Caxias do Sul 30/07/2021

ENERGIA SOLAR: economia de R$ 61 milhões na conta de luz desde 2016 na Serra

Esse é o saldo gerado aos associados da Sicredi Pioneira nos últimos cinco anos, quando foram liberados R$ 168 milhões em crédito para 2,8 mil associados
Produzido por redação, 20/07/2021 às 09:43:33
ENERGIA SOLAR: economia de R$ 61 milhões na conta de luz desde 2016 na Serra
Foto: Pixabay

Transferir o valor da conta de energia elétrica para um financiamento solar é uma opção não apenas sustentável, mas inteligente e estratégica. O resultado pode ser confirmado pelos números: essa decisão já gerou uma economia de R$ 61.264.475,60 na conta de energia elétrica dos associados da Sicredi Pioneira RS que tiveram seus projetos financiados pela cooperativa desde maio de 2016.

É o que aponta levantamento obtido com base nos empréstimos concedidos até junho de 2021 para viabilizar 2,8 mil projetos, que, juntos, resultaram na instalação de mais de 113 mil placas solares em residências, indústrias, estabelecimentos comerciais e propriedades rurais.

“O valor é impressionante. Estamos falando de dinheiro que ficou nas comunidades, gerando emprego, renda e consumo para a nossa região, fomentando o desenvolvimento da economia local”, avalia o gerente de Negócios Estratégicos da Sicredi Pioneira RS, Jonas Eduardo Rauch.

Para se ter uma dimensão: nos últimos cinco anos, já foram liberados R$ 168 milhões em crédito exclusivo para linha Energia Solar nos 21 municípios de atuação da cooperativa na Serra Gaúcha.

Para conhecer: com taxas competitivas, parcelamento em até 120 meses e carência de cinco meses para o primeiro pagamento, a linha sustentável Energia Solar é referência no setor. A cooperativa financia 100% do projeto. A economia pode alcançar até 95% da fatura de energia elétrica do associado.

"A energia solar se popularizou, e hoje há uma grande procura por projetos para pessoas físicas, além de comércios e indústrias", salienta a gerente de Negócios de Energia Solar da Sicredi Pioneira, Júlia Renata Cornelli.

Brasil entre os Top 10: o Brasil garantiu acolocação entre os 10 países que mais instalaram sistemas de energia solar no mundo em 2020, mesmo com os impactos provocados pela pandemia. O ranking global é liderado pela China, Estados Unidos, Vietnã, Japão e Alemanha. Os dados são provenientes da Agência Internacional de Energia (IEA) e compilados pela Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar).