Caxias do Sul 06/07/2020

Bandeira laranja é antecipada e comércio da Serra já pode reabrir as portas nesta segunda-feira

Em novo decreto, governador autoriza nova bandeira, prevista inicialmente para vigorar a partir de terça-feira
Produzido por Silvana Toazza, 22/06/2020 às 09:58:13
Bandeira laranja é antecipada e comércio da Serra já pode reabrir as portas nesta segunda-feira
Varejo comemora decisão, mas mantém cautela
Foto: Cristhian Silva

Um novo decreto do governador Eduardo Leite, de 21 de junho, publicado no Diário Oficial do Rio Grande do Sul, altera o início da vigência da bandeira laranja para a região de Caxias do Sul. Com isso, a partir dos indicadores que apontaram que a Serra migrou da bandeira vermelha para a laranja, o comércio em geral (não essencial) pode reabrir as portas a partir desta segunda-feira, 22 de junho, e não nesta terça-feira, 23, como estava previsto inicialmente pelas novas regras de distanciamento controlado do Estado. Shoppings, lojas e academias estão liberados para reabrir com 50% de funcionários.

O decreto aponta que, por conta da modificação da bandeira de determinada região para uma menos restritiva, como é o caso de Caxias do Sul, a vigência inicial foi antecipada para a zero hora desta segunda-feira, 22 de junho.

Quem celebra a decisão é o setor varejista, já que só na última semana o comércio de Caxias deixou de faturar R$ 23,1 milhões (R$ 3,3 milhões por dia), o que representa uma queda de 53% na arrecadação do setor, devido à paralisação dos estabelecimentos classificados como não essenciais.

A medida foi comemorada por lideranças empresariais, que também mantêm a cautela e pedem apoio de todas as entidades, prefeitos e da população para manter os cuidados, afastando o risco de a região voltar à bandeira vermelha ou mesmo migrar para a preta. Ao contrário, a meta é melhorar ainda mais os indicadores para atenuar os riscos e atingir a classificação para a bandeira amarela.

O esforço conjunto de prefeitos e entidades para liberar mais 31 novos leitos de UTI foi fundamental para os 49 municípios da Serra saírem da bandeira vermelha.