Caxias do Sul 27/02/2021

RELATOS DO MUNDO, um road movie no Velho Oeste

Com Tom Hanks e a atriz revelação Helena Zengel, filme cativa em sua travessia de possíveis afetos
Produzido por Eulália Isabel Coelho, 21/02/2021 às 08:21:47
Foto: LUIZ CARLOS ERBES

Por Eulália Isabel Coelho

Existem inúmeras formas de se trabalhar um gênero cinematográfico com variações da narrativa à estética. No western há notadamente o recurso clássico da jornada do herói. Esse sujeito que geralmente cresce à força em uma trama de tiroteios e revezes sem fim. O antagonista ou vários deles são fontes de discórdia, ódio e duelos, motivações para que o herói lute e vença os obstáculos. Essas características são o leitmotiv do gênero em sua estrutura.

Relatos do Mundo (Netflix, 2020) é um faroeste sem vilania brutal, mais centrado no protagonista e em sua trajetória mundana. O filme, dirigido por Paul Greengrass, tem, portanto, uma proposta menos bélica e mais humanizada. Os conflitos externos estão em toda parte, mas são os internos que mais interessam, embora sutis. É aí que Tom Hanks (Capitão Jefferson Kyle Kidd) engrandece a obra. Sua sensível atuação entrega ao personagem força de caráter e senso de justiça.

A sinopse é simples: o Capitão Kidd tornou-se um nômade que lê notícias de jornais de cidade em cidade após o término da Guerra de Secessão nos EUA. A história se passa no sul, em 1870, quando brancos e índios disputavam territórios no Texas. Em seu caminho, Kidd encontra uma órfã que foi criada pelos Kiowa. A partir desse fato é que a história se desenvolve, com o capitão tentando encontrar um lar para Johanna (Helena Zengel).

É um momento sangrento na história americana que contrasta com a parcimônia do protagonista. É como se ele se mantivesse um grau acima de toda a desordem que encontra pelo caminho. Sem se deixar levar por provocações ou pelo mau caratismo que inevitavelmente surgem em seu trajeto. Ir sempre em frente é o objetivo de Kyle Kidd na estrada e é o que ele ensina a Johanna, apesar das dificuldades de comunicação entre eles.

Tom Hanks conquista em atuação sensível

Capitão Kidd e Johanna enfrentam a estrada

É interessante notar que o tema comunicabilidade/incomunicabilidade se abraça e se distancia nessa narrativa fílmica linear. Enquanto o Capitão Kidd leva as notícias do mundo aos pequenos povoados, contando histórias que mexem com os ânimos da plateia, sua relação com Johanna tateia no escuro. Mas os dois têm uma característica em comum: são sobreviventes e isso os coloca no campo do possível. Do que somente os sentimentos podem expressar.

O momento histórico é contextualizado sem aprofundamento, uma opção do roteiro adaptado que está mais interessado na aventura dramática dos personagens. A proposta do longa é colocar os protagonistas em situações tensas extraindo o máximo dos atores. O resultado é um Tom Hanks impecável contracenando com a carismática atriz alemã Helena Zengel, de 12 anos, com uma ótima química entre eles.

Helena teve seu talento revelado no drama Transtorno Explosivo (2019) que está em sua última exibição neste domingo (21/02), às 19h30, no Centro de Cultura Ordovás (Luiz Antunes, 312 – Panazzolo).

A surpreendente atriz alemã Helena Zengel

Caos nos caminhos percorridos pela dupla

Relatos do Mundo, que está na pré-lista do Oscar na categoria de Melhor Trilha Sonora Original, é adaptação do romance de Paulette Jiles (2016). É um filme para se ponderar sobre o valor da integridade e do comprometimento, sobre como o afeto tantas vezes nasce de situações inesperadas e mesmo improváveis. Kidd e Johanna aprendem a olhar um para o outro no tatibitati que os une. Uma afeição construída aos poucos nessa espécie de road movie do Velho Oeste.

O longa é um dos favoritos da temporada de premiações de 2021. Concorre em sete categorias do Critics' Choice Awards, entre elas, Melhor Filme e Melhor Ator. Helena Zengel concorre aos prêmios de Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Atriz Jovem no SAG Awards, Globo de Ouro e Critics' Choice Awards.

Assista ao trailer AQUI

FICHA TÉCNICA

Relatos do Mundo (News of the World, EUA, 2020)

Direção: Paul Greengrass

Roteiro: Paul Greengrass, Luke Davies

Fotografia: Dariusz Wolski

Elenco: Tom Hanks, Helena Zengel, Michael Covino, Fred Hechinger, Neil Sandilands, Thomas Francis Murphy, Mare Winningham, Elizabeth Marvel, Chukwudi Iwuji, Ray McKinnon, Bill Camp

Duração: 118 min.

DE OLHO NO SET

yes Paul Greengrass é diretor e roteirista de Jason Bourne (2016), O Ultimato Bourne (2007) e A Supremacia Bourne (2004)

yes Tom Hanks trabalhou anteriormente com o cineasta, protagonizando o drama Capitão Phillips (2013)

yes Helena Zengel iniciou sua carreira no audiovisual aos cinco anos. Aos oito ganhou um papel de peso no drama A Filha (2017) de Mascha Schilinski.

yes Zengel agora entra para a lista de jovens atores concorrentes ao Globo de Ouro e ao SAG. Antes dela, apenas Kirsten Dunst, por Entrevista com o Vampiro (1994), e Joel Osment, por O Sexto Sentido (1999), foram indicados.

Eulália Isabel Coelho é jornalista, professora de cinema e escritora

mail bibacoelho10@gmail.com

Da mesma autora, leia outro texto AQUI

FOTOS DIVULGAÇÃO